Embu das Artes - Feira de Artes e Artesanato

Embu das Artes – Feira de Artes e Artesanato

A cidade de Embu das Artes nem sempre teve este nome, mas o sucesso da Feira de Artes e Artesanato que acontece desde 1969 é tão grande, que o nome “Embu das Artes” foi oficialmente adotado em 2011 para honrar o sucesso da cidade no quesito artístico.

A Feira de Embu teve início com artistas como Cassio M’Boy, Assis de Embu, Mestre Sakai e Gama, Solano Trindade, Ana Moysés, e graças a eles está completando 50 anos com fama nacional e internacional.

Hoje em dia reúne mais de 600 expositores entre barracas, ateliês, galerias, antiquários e lojas com itens variadíssimos que vão de telas, esculturas, móveis de madeira e ferro, lustres, cortinas, vestuário, tapetes, artesanato em madeira, couro, bijuterias, artigos de crochê e renda, comidas típicas a muito, muito mais.

É um passeio delicioso não só para quem deseja comprar itens de arte e artesanato, mas também para aqueles que desejam admirar os trabalhos, as ideias, a cidade e o grande movimento de pessoas.

Embu das Artes - Feira de Artes e Artesanato

Embu das Artes - Feira de Artes e Artesanato

Milhares de pessoas visitam Embu das Artes aos domingos e feriados quando os expositores ocupam a praça e as ruas do centro histórico. Nos dias de semana e aos sábados a quantidade de barracas e produtos é menor, mas as ruas e as lojas ficam bem mais tranquilas e vazias.

As ruas que concentram o maior movimento de expositores e consequentemente de visitantes ficam entre a Praça do Coreto, no Largo 21 de Abril, Largo dos Jesuítas e Ruas Joaquim Santana, Rua Nossa Senhora do Rosário, Viela das Lavadeiras, Rua Siqueira Campos, Rua Domingos Paschoal, Rua Boa Vista e Rua Marechal Isidoro Lopes.

Embu das Artes SP

Além da feira de artes e artesanato, a cidade também tem como atrativo o conjunto arquitetônico que inclui o casario, vielas, ruas de paralelepípedos e construções jesuíticas como a igreja Nossa Senhora do Rosário e o Museu de Arte Sacra.

A igreja e o convento foram construídos pelos jesuítas no final do século XVII para servir de moradia aos padres da Companhia de Jesus.

Embu das Artes - Feira de Artes e Artesanato
Museu de Arte Sacra

 

A variedade gastronômica também é um atrativo para os visitantes, pois encontramos uma enorme quantidade de restaurantes e opções de comidas. Restaurantes das mais diversas nacionalidades, tipos e preços; restaurantes por quilo, bares, cafés, quiosques de petiscos e bebidas, barracas de doces, sorveterias, enfim, opções que não acabam mais.

Embu das Artes - Feira de Artes e Artesanato
Viela das Lavadeiras

Embu das Artes - Feira de Artes e Artesanato

Como chegar:

Embu das Artes fica a 30 km de São Paulo com o trajeto passando pela Rodovia Raposo Tavares, Rodoanel e Rodovia Régis Bittencourt.

Para ir de transporte público, a linha de ônibus 33 tem início na estação São Paulo-Morumbi da linha amarela do metrô e é preciso conjugar o ônibus com caminhada até o centro histórico.

 

É bom saber:

O Centro de Informações ao Turista fica no Largo 21 de Abril.

Visitar a cidade de segunda-feira a sábado pode ser bem mais tranquilo pois as ruas estarão mais vazias. No entanto, nos domingos e feriados há mais expositores e também a feira de plantas e mudas.

Para quem vai de carro, as ruas do centro são fechadas para o trânsito de veículos e há  diversos estacionamentos próximos ao centro.

A cidade também tem vários outlets. Alguns deles estão localizados na Avenida Elias Yasbek (avenida de acesso ao centro, para quem entra pela Rodovia Régis Bittencourt).

Certamente você vai sair de lá carregando uma sacolinha, pois com tamanha variedade de opções é difícil não se encantar com algo e comprar alguma coisa 🙂

 

 

Excelente passeio!

Deixe suas dúvidas e/ou sugestões nos comentários abaixo!

 

Publicado em abril/2019

 

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.