Shopping Light - Centro de São Paulo

Centro de São Paulo – como fazer um walking tour

Em 25/Jan a cidade de São Paulo fez 466 anos, como sempre em grande estilo. São mais de 12 milhões de habitantes, cerca de 15 milhões de visitantes ao ano e muita história para contar.

Sua vocação para o turismo é confirmada pela enorme quantidade de opções para quem a visita. Entre história, cultura, gastronomia e diversos eventos durante o ano, passear a pé pelo centro de São Paulo é uma dessas opções.

Neste aniversário, o site Spdagaroa e a sorveteria Bacio di Latte promoveram um walking tour passando por pontos importantes do centro histórico como o Theatro Municipal, Praça Ramos de Azevedo, Edifício Copan entre outros, com o acompanhamento do guia e idealizador do roteiro, Rafael Gushiken.

O objetivo principal do roteiro foi apresentar um pouco da  história e arquitetura do centro, além de ressaltar o projeto de revitalização contínua promovido por estabelecimentos comerciais, associações, moradores e poder público interessados em melhorias para uma área tão importante e tão problemática ao mesmo tempo.

Este é um roteiro que podemos também fazer sozinhos, por isso vou deixar tudo aqui para servir de exemplo/guia para quem desejar se aventurar e admirar algumas das belezas do centro de São Paulo.

A pé pelo centro de São Paulo – como fazer um walking tour (roteiro elaborado por Spdagaroa e Bacio di Latte)

Roteiro a pé - Centro de São Paulo
Não aparece no mapa, mas o ideal é utilizar a Galeria do Rock para atravessar/ir do Largo do Paiçandu à Rua 24 de Maio e a Galeria Nova Barão para atravessar/ir da Rua Barão de Itapetininga à Rua Sete de Abril

I – Shopping Light

O início da nossa caminhada foi no Edifício Alexandre Mackenzie, o Shopping Light, tombado pelo Condephaat, Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico de São Paulo.

O prédio foi primeiramente ocupado pela companhia de energia elétrica Light,  posteriormente Eletropaulo e desde 1999 está em funcionamento o Shopping Light. A construção tem estilo eclético e mistura elementos originais a elementos modernos.

Ele está localizado próximo ao Vale do Anhangabaú e Viaduto do Chá. A estação de metrô mais próxima é a Anhangabaú, linha vermelha (pegar saída para a Rua Cel Xavier de Toledo).

Da calçada do shopping já podemos ver o Theatro Municipal e a Praça Ramos de Azevedo.

Entre as lojas e estabelecimentos comerciais do shopping está uma das lojas da Bacio di Latte.

Shopping Light - Centro de São Paulo

 

II – Praça Ramos de Azevedo

Neste ponto observamos o legado do engenheiro/arquiteto Ramos de Azevedo no centro de São Paulo. A praça Ramos e o Theatro Municipal são dois deles.

Na praça, recém restaurada, está a homenagem a Carlos Gomes cuja obra “O Guarani” foi apresentada na inauguração do teatro.

Carlos Gomes - Praça Ramos de Azevedo SP

 

III – Largo do Paiçandu 

No Largo do Paiçandu temos o legado da comunidade afro-brasileira simbolizado pela igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos e a estátua Mãe Preta, obra do escultor Julio Guerra.

Destaque também para a gastronomia do local, com pontos instalados na década de 20, como o Ponto Chic, famoso pelo sanduíche ‘Bauru’, que consiste em pão, rosbife, tomate e queijos. A inauguração do Ponto Chic coincidiu com a Semana de Arte Moderna e lá se reuniam artistas representantes do movimento que acontecia no Theatro Municipal.

Próxima ao Largo do Paiçandu também está a Galeria do Rock, famosa por sua arquitetura e comércio de itens relacionados à música e outros interesses.

Largo do Paiçandu - Centro São Paulo

 

IV – Sesc 24 de maio

O Sesc mantém diversas unidades espalhadas pelo Brasil e conta com espaço e atividades para o público em geral. A unidade 24 de Maio foi inaugurada em 2017 e está instalada no prédio da antiga Lojas Mesbla que foi restaurado e revitalizado através do projeto do arquiteto Paulo Mendes da Rocha.

No 11o. andar do edifício estão o café e o espelho d’água, de onde se pode também visualizar ao fundo o edifício do Farol Santander, outro ponto icônico do centro de São Paulo.

Sesc 24 de Maio - Centro de São Paulo

 

V – Restaurante Apfel e galerias comerciais

Saindo do Sesc 24 de Maio, seguimos para a rua Dom José de Barros onde, no número 99  se localiza o restaurante Apfel, pioneiro na culinária vegetariana e que realiza importante trabalho de revitalização e ocupação do centro. Uma das atividades é a  caminhada noturna.

Nas redondezas encontramos diversas galerias comerciais que antigamente funcionavam como os atuais shoppings center, com comércio variado, restaurantes, lanchonetes etc. Hoje em dia algumas delas reúnem lojas de um mesmo nicho de comércio, por exemplo, equipamentos e serviços fotográficos, música e discos etc. Geralmente permitem a travessia de uma rua para outra.

Algumas delas são: Galeria do Rock (Av. São João, 439, atravessando para a Rua 24 de Maio), Nova Barão (Entre a Rua Barão de Itapetininga e Rua Sete de Abril), Sete de Abril (Rua Sete de Abril, 125), Metrópole (Av. São Luís, 187) e Galeria Ipê (Rua Sete de Abril, 111).

Galeria do Rock - São Paulo

 

VI – Edifício Copan

Seguindo da Rua Sete de Abril para o Edifício Copan, passamos pela praça Dom José Gaspar, área verde bem cuidada e agradabilíssima, com restaurantes e cafés com mesas na calçada.

O Edifício Copan está localizado na Av. Ipiranga, 200. Foi projetado por Oscar Niemeyer, inaugurado na década de 60 e é um dos símbolos do centro da cidade. Hoje em dia passa por uma reforma na fachada, mas, mesmo assim, continua encantando quem passa pela região.

No andar térreo do edifício, desde a sua inauguração, está o Café Floresta. Também no térreo, mas bem mais recente, está o Bar da Dona Onça, comandado pela chef Janaína Rueda, também importante agente da revitalização do centro.

Edifício Copan - Centro de São Paulo

 

VII – Praça da República

Destaque para a história e arquitetura do Edifício Itália, localizado na esquina da Av. Ipiranga com a Av. São Luís. Ele é um dos marcos da imigração italiana no Brasil. Foi inaugurado na década de 60, idealizado pelo Circolo Italiano e com projeto do arquiteto Franz Heep.

É ocupado em sua maior parte por escritórios, mas conta também com um teatro, galeria e restaurantes. No último andar está localizado o restaurante Terraço Itália que proporciona vista panorâmica da cidade de São Paulo.

Para finalizar o walking tour pelo centro de São Paulo de uma maneira refrescante e especial, a unidade República da sorveteria Bacio di Latte está instalada na esquina da Av. Ipiranga com a Praça da República. A sorveteria foi criada por italianos que se apaixonaram pelo Brasil e a primeira loja foi inaugurada em 2011. Hoje já são mais de 140. A gostosura e qualidade dos sorvetes, juntamente com a instalação e decoração do espaço mais que justificam o término do tour na loja.

Bacio di Latte República - Centro São Paulo
Foto de @borgespatti

 

Boa caminhada!

 

Lembrando:

  • O início sugerido do walking tour é no Shopping Light, cuja estação do metrô mais próxima é a Anhangabaú, linha vermelha (pegar saída pela Rua Cel. Xavier de Toledo);
  • O final é na Praça da República, estação República, também da linha vermelha;
  • Como em praticamente todas as cidades brasileiras, todo cuidado é pouco! Esteja sempre atento aos seus pertences;
  • Há diversos outros pontos a serem visitados no centro de São Paulo e que podem ser acrescentados ao passeio;
  • O tempo de caminhada deste roteiro é de cerca de 1h30. É um roteiro contemplativo, portanto, este tempo pode se estender de acordo com as paradas realizadas.

Veja também:

Como é o passeio de ônibus turístico pela cidade de São Paulo

Turismo de metrô em São Paulo – algumas atrações próximas às estações

Catedral da Sé em São Paulo – visita guiada à cripta

Visita guiada ao Theatro Municipal de São Paulo

 

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.